Recursos de Acessibilidade Tecle Alt+1 : ir ao conteúdo Tecle Alt+2 : ir ao mapa do site Texto menor Texto maior Contraste SIC
Câmara Municipal de Araras
Fotos: Aryana StoroliFotos: Aryana Storoli Fotos: Aryana Storoli
Araras, 31 de outubro de 2014Fone/fax: (19) 3543-3300

Ex-prefeito recebe últimas homenagens na Câmara

16/10/2007 às 20:21
Corpo do ex-prefeito Warley Colombini vai ser velado durante toda a noite no plenário da Câmara
Ver galeria de Ex-prefeito recebe últimas homenagens na Câmara
O ex-prefeito de Araras Warley Colombini recebe suas últimas homenagens no plenário da Câmara Municipal de Araras. O velório vai se estender por toda a noite até a hora do sepultamento. Ele faleceu, aos 72 anos, na tarde desta terça-feira, 16 de outubro, no Hospital São Luiz.
Colombini foi o 37º prefeito da história de Araras. Iniciou sua militância política ainda na década de 60, defendendo ideais de esquerda e contra o regime militar. Ele, que era empresário, foi um dos fundadores do antigo MDB (Movimento Democrático Brasileiro), sigla mais tarde transformada em PMDB (Partido do Movimento Democrático Brasileiro). Chegou a ser suplente de vereador.
Como vice-prefeito na última gestão de Milton Severino, que faleceu em 1986, assumiu a Prefeitura por dois anos e dois meses, até o fim de 1988, ano em que deixou o PMDB para fundar, com companheiros como Mário Covas, Franco Montoro e Fernando Henrique Cardoso, entre outros, o PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira). Foi pelo PSDB que em 1996 Colombini elegeu-se prefeito de Araras para o mandato de 1997 a 2000. Atualmente ele integrava as executivas municipal e estadual do PSDB.
O ex-prefeito estava internado desde o último fim da semana, e na noite do último domingo foi submetido a uma cirurgia em virtude de um AVC (Acidente Vascular Cerebral). Desde então seu estado de saúde agravou-se bastante, e ele permanecia no CTI (Centro de Terapia Intensiva) do Hospital São Luiz.
O ex-prefeito era filho de Osvaldo Colombini e Ofélia Colombini. Deixa viúva Maria Degaspari Colombini, os filhos Warley Colombini Filho, Vinícius Colombini (Ciço) e Heitor Colombini, nora e netos.
Na Câmara, com o decreto de luto oficial na cidade por três dias, anunciado pelo prefeito Luiz Carlos Meneghetti, o luto pode ser observado na bandeira do município do lado externo do prédio, hasteada a meio mastro. No plenário, a bandeira da cidade também ganhou uma faixa preta. Coroas de flores já tomam conta do local.
O presidente José Roberto Rimério – Miqueira (PTB) disse que Araras perdeu um homem idealista e engajado nas causas sociais. “Ele era um apaixonado por Araras. Até mesmo em suas últimas aparições em público, ao fazer uso da palavra, e mesmo nas rodinhas de conversa ele falava com amor da cidade”, disse Miqueira.
O velório segue no Plenário “Vereador Bruno Moisés Batistella” até às 10h30 desta quarta-feira quando o cortejo segue para o Cemitério Municipal onde o corpo de Warley Colombini será sepultado.
Vereadores e colaboradores da Câmara de Araras se solidarizam com a família e pedem a Deus o descanso eterno ao ex-prefeito, marido, pai e avô, o conforto necessário neste momento difícil.

Autor: Rafael Faria | CMA

Voltar
Enviar por e-mail
Imprimir
Comunicar erro
Eventos
Enviar e-mail para amigo
X



O link da notícia será enviado automaticamente
Reportar erro!
X
Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo.
O link da notícia será enviado automaticamente