Notícias



Exposição de carros antigos entra para o Calendário Turístico do Município de Araras

Recursos arrecadados com a inscrição dos carros e venda de peças dos veículos da antiguidade serão repassados ao município
Visualize fotos

Na 24ª sessão ordinária realizada na última segunda-feira (16), foi aprovado por unanimidade pelos vereadores, o projeto de Lei de autoria do parlamentar Romildo Benedito Borelli (PSD) – Baiano da Farmácia -  que institui no Calendário Turístico do Município de Araras o Dia da Exposição de Carros Antigos e vendas de peças de veículos da antiguidade, a ser realizado anualmente sempre no terceiro domingo do mês de maio.

Na data da celebração, fica a Secretaria Municipal de Ação Cultural e Cidadania responsável pela organização do evento, das 5h às 17h, na Praça Barão de Araras com a implantação de banheiros químicos, segurança da Guarda Civil Municipal e viatura do SAMU.

De acordo com a Lei, os recursos arrecadados com a inscrição dos carros e parte da venda de peças dos veículos da antiguidade serão repassados ao município.  

O vereador Romildo Benedito Borelli explica que a exposição de veículos da antiguidade ocorre há 21 anos em Araras. “Há um grande público em Araras que cultua e preserva a história dos veículos antigos, pois é uma forma de manter viva a história do transporte automotivo no Brasil e no mundo, inclusive este evento atrai muitos turistas da região movimentando o comércio e o serviço de hotelaria de nossa cidade”, destaca Romildo Borelli.

A exposição de carros antigos acontece com frequência em Águas de Lindóia-SP e Araxá-MG, cidades onde há uma grande quantidade de automóveis raros, valiosos e singulares.

 

Com informações da Diretoria de Comunicação da CMA




Publicado em: 17 de julho de 2018

Publicado por: Diretoria de Comunicação

Cadastre-se e receba notícias em seu email

Categoria: Notícias da Câmara

Fique por dentro

Outras Notícias

Em razão da eleição suplementar

27 de setembro de 2018

A Câmara Municipal de Araras, retirou todas as notícias em razão da eleição suplementar, pois a lei não permite nenhuma divulgação de caráter informativo do Poder Público.

Leia Mais